Inicia o 43º Festival de Cinema de Gramado

O tradicional evento do cinema nacional e latino se inicia em Gramado, Rio Grande do Sul, com uma programação extensa e muitos homenageados. Fortalecendo o título de maior Festival de Cinema ininterrupto do Brasil, ao longo destas quatro décadas, a mostra se adapta a novas tendências do audiovisual e traz novos olhares do cinema brasileiro contemporâneo.

Neste ano a curadoria permanece nas mãos de Marcos Santuario, Rubens Ewald Filho e Eva Piwowarski.

Além do Palácio dos Festivais, centro do evento, o Tapete Vermelho – e quem por ele desfila – é o elemento que mais desperta atenções do público na Rua Coberta, em Gramado.

Tapete Vermelho do 43 Festival de Cinema de Gramado

 

 

A concepção do projeto deste ano é do arquiteto Bernardo de Magalhães, sócio fundador da Mag Arquitetura que conta sua inspiração “O número de nações competidoras aumentou substancialmente e era importante retratar isso na composição cenográfica”.

A cidade inteira respira o Festival, sendo que o projeto contempla, além da Rua Coberta e do Palácio, as ruas e acessos de Gramado.

Acesso principal de Gramado

 

Banners pelas ruas de Gramado

A Duocasa, pelo quinto ano consecutivo, apoia o Festival e recebe seus convidados para vivenciarem uma experiência de celebridade no Tapete Vermelho.

Marcas apoiadores do Festival deste ano

Acompanhe pelo Blog a cobertura completa do evento.

SERVIÇO

Data: de 07 a 15 de agosto

Local: Palácio dos Festivais – Gramado, RS

Horário:

Manhã: Reprise de longas em competição

Tarde: Debates dos filmes concorrentes

Noite: Tapete Vermelho e exibição dos Curtas e Longas Metragens concorrentes

 

42º FESTIVAL DE CINEMA DE GRAMADO

O Festival de Cinema de Gramado chega a sua 42ª edição. Neste ano com a curadoria de Eva Piwowarski, Marcos Santuario e Rubens Ewald Filho.

Novamente contando com o apoio da Duocasa, o evento apresenta com exclusividade na Casa de Cultura mario Quintana a lista dos filmes concorrentes ao Kikito.

A tão aguardada listagem contempla os longas-metragens brasileiros e estrangeiros, os curtas-metragens nacionais e a Mostra Gaúcha, além é claro dos homenageados e demais prêmios técnicos.

Vamos aos selecionados:

LONGAS-METRAGENS BRASILEIROS:

“A Despedida” (SP)
“A Estrada 47″ (RJ)
“A Luneta do Tempo” (RJ)
“Esse Viver Ninguém Me Tira” (DF)
“Infância” (RJ)
“O Segredo dos Diamantes” (MG)
“Os Senhores da Guerra” (RS)
“Sinfonia da Necrópole” (SP

LONGAS-METRAGENS ESTRANGEIROS:

“Algunos Dias Sin Musica” (Argentina/Brasil)
“El Critico” (Argentina)
“El Lugar Del Hijo” (Uruguai)
“Esclavo de Dios” (Venezuela)
“Las Analfabetas” (Chile)

CURTAS NACIONAIS:

“O Que Fica” (SP)
“História Natural” (PE)
“Carranca” (BA)
“La Llamada” (SP)
“A pequena vendedora de fósforos” (RS)
“Max Uber”(MG)
“Sem Título #1: Dance of Leitfossil” (SP)
“Compêndio” (SP)
“Carta a Uma Jovem Cineasta” (SC)
“O Clube” (RJ)
“Contínuo” (PB)
“Castillo y el Armado” (RS)
“Brasil” (PR)
“Se Essa Lua Fosse Minha” (RS)
“O Coração do Príncipe” (SP)

MOSTRA GAÚCHA – Prêmio Assembleia Legislativa de Cinema:

“A Pequena Vendedora de Fósforos”
“Bacon ou Rúcula”
“Caçador”
“Casa de Pompas”
“Castillo y el Armado”
“Descompasso”
“Domingo de Martas”
“Espelhos”
“Gildíssima”
“Hotel Farrapos”
“Linda, uma história horrível”
“O Encontro”
“O que ficou Para Trás”
“O Relâmpago e a Febre”
“Os Meninos Perdidos”
“Servido com Candura”
“Sioma – O Papel da Fotografia”

Curadores do Festival de Gramado na Coletiva de Imprensa

O Festival de Cinema de Gramado acontece de 8 a 16 de agosto na cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul.

Maiores informações pelo site: www.festivaldegramado.net

 

DUOCASA mais uma vez no Festival de Cinema de Gramado

DUOCASA já garantiu presença no Festival de Cinema de Gramado como uma das primeiras parceiras do evento. Em sua 40 (quadragésima) edição, o evento reconhecido como um dos mais importantes da cena do cinema na América latina promete ser uma celebração nacional e internacional.

Leia mais