Espedito Seleiro, o couro e a arte

O talento vem de berço. Herança do avô, que passou pelo pai e chegou até ele. Ele, Espedito Seleiro. Um cearense que possui habilidade nata para lidar com o couro. Que aos 8 anos começou a criar peças na oficina do próprio pai, seleiro e vaqueiro. E que viu na crise a oportunidade de tornar o ganha pão em um negócio de sucesso.

Até 1985, Seleiro produzia artefatos de couro para vaqueiros para ajudar no sustento da família. Mas então veio a seca no Ceará. O que poderia ser o fim, na verdade datou um recomeço. Ao observar a sandália feita pelo pai em 1930 para Lampião, o rei do cangaço, resolveu reproduzi-la. Ao mesmo tempo, também desenvolveu outros calçados e bolsas. Alternativa criativa passou a despertar o interesse de admiradores e curiosos.

Em 2005, o nome e o talento de Espedito Seleiro chegou ao alcance de estilistas famosos, como da marca Cavalera – grife paulista -, que, por sua vez, estava atrás de um artesão que confeccionasse peças de couro para compor o desfile da São Paulo Fashion Week. A criatividade do cearense caiu nas graças do povo da moda.

O sucesso nas passarelas se refletiu na TV, nas revistas, nos jornais e foi parar até nos cinemas, ao vestir o ator Marcos Palmeira no filme o Homem que Desafiou o Diabo (2007). Seleiro incrementou o negócio e passou a desenvolver design de produtos, misturando cores e texturas. Sempre com o couro. Sempre com criatividade.

tualmente, suas peças podem ser vistas nas lojas da DUOCASA ambientando os armários e closets. Também está presente no livro Artesãos do Brasil vol. II, realizado pela Casa Claudia com o apoio da DUOCASA.

Veja matéria completa no site Casa Claudia

DUOCASA apoia a arte brasileira no livro Artesão do Brasil

Conhecida por carregar a arte brasileira em seu DNA, a DUOCASA é apoiadora de iniciativas que valorizam este segmento cultural. É o caso do livro Artesãos do Brasil, realizado pela Editora Abril por meio da Revista Casa Cláudia.

Nele, artistas de 16 estados apresentam seus trabalhos com cerâmica, madeira, fibra, papel, trama e bordado. Por ter em sua proposta o uso de elementos da arte brasileira para ambientes da casa, o envolvimento da DUOCASA com esta obra surgiu de forma muito natural.

Para o idealizador do Artesãos do Brasil, Pedro Ariel Santana, esse mergulho nas raízes brasileiras ajuda a descobrir uma arte que permanece e que não está preocupada com modismos – o que também é uma marca da DUOCASA.

“O artesanato traz consigo o senso prático de utilidade doméstica e de aproveitamento da matéria-prima disponível. Ele passa de geração a geração, de pai para filho. E este projeto é uma contribuição para um mergulho no Brasil mais profundo”, conta.

O livro teve seu lançamento oficial no Museu da Casa Brasileira e está disponível em bancas especializadas e livrarias de todo o Brasil.


Uma casa com decoração eclética

Navegando pelo Design Sponge, encontramos a casa de Nerissa, Peter e a filha do casal, a pequena Luna, que vivem em uma pequena vila, fora de Vancouver, no Canadá. Cercados por árvores que, no inverno, ficam cheias de neve e, no verão, abrigam ninhos de passarinhos, é um lugar calmo e bonito. A moça, que é designer gráfica, decorou com a ajuda do marido,  um espaço eclético com coisas que os apaixonam e que podem te inspirar a dar uma mudada em teu próprio lar.

Leia mais

Um pouco mais de Brasil na sua casa

Não faz muito tempo, publicamos aqui um post sobre o artesanato brasileiro, provando o tamanho da nossa diversidade cultural, através do artesanato. E eis que nossos artesãos nos surpreendem com um incrível acervo de peças cheias de vida, com diferentes formas e cores. Tão grande que dedicamos outra matéria homenageando as mãos habilidosas e criativas que criam essas verdadeiras obras de arte que, cá entre nós, só poderiam ter nascido aqui no Brasil.

Leia mais

Artesanato em ascensão

Com essa manchete, a Revista Vogue abre matéria que fala da “revolução silenciosa” gerada pela união entre designers e artesãos brasileiros. A entrevista com a jornalista e curadora Adélia Borges retrata bem esse movimento que terá resultados no design e na sociedade. Quem acompanha o conceito DUOCASA, sabe que essa aproximação com artesãos brasileiros está na identidade da marca.

Leia mais

Arte popular brasileira no estande da DUOCASA

Peças de artesanato são pequenas histórias de outras vidas que passam a fazer parte da sua! São essas histórias provenientes do interior do País que a DUOCASA trouxe para dentro do seu estande na Casa Brasil. Peças da arte popular produzidas em Minas Gerais, Pernambuco, São Paulo, Alagoas e outros Estados reforçam a sensação de bem-estar de quem passa por aqui. Veja algumas que foram selecionadas para os ambientes da DUOCASA na Casa Brasil.

Leia mais